Notas de uma Futura Cacheada: Minha Transição Capilar

outubro 19, 2017

 


Olá amores!! Como vocês estão?! Esse é meu primeiro post aqui e hoje, vou compartilhar com vocês um pouco da minha experiência na Transição Capilar.
   Não sei dizer como começou. Fazia um tempo que minha mãe dizia que tínhamos (eu e ela) que parar de fazer progressiva, mas o cabelo liso e "sem trabalho", foi um sonho realizado graças a progressiva, então no começo eu relutei MUITO pra aceitar que não faria mais progressiva... 

Notas de uma Futura Cacheada: Minha Transição Capilar - Mais Que Seis
Tirada em agosto/15 - @Dehvicente_
 Esse era meu cabelo, um sonho realizado...

   Minha mãe, a principio, tinha aceitado a ideia de transição melhor que eu, ela estava sempre vendo vídeos de como texturizar o cabelo (como "camuflar" o cabelo com parte lisa e parte cacheada sem usar acessórios quentes). Ela sempre falava: deixa eu fazer uma texturização no seu cabelo. 
   Mas eu não queria, então sempre fugia dela, haha. Não queria saber de cachos, super achava lindo nas minhas amigas, mas em mim não... De jeito nenhum.

  Um belo dia, não tive por onde correr, minha mãe me pegou... Eu tinha acabado de tomar banho e nesse dia tinha lavado o cabelo, ela quis fazer a texturização com Papel Alumínio (vou fazer um outro post sobre texturização), bem, não tive pra onde correr e ela encheu meu cabelo de papel alumínio. Foi péssimo dormir com aquilo na cabeça, super me incomodou e fez eu querer menos ainda ser cacheada. 
   Bem... Chegou o dia seguinte (lembro que era uma terça, porque fui pro curso), ela tirou o alumínio do meu cabelo e soltou os cachos.
   E o resultado?

Notas de uma Futura Cacheada: Minha Transição Capilar - Mais Que Seis
Tirada em Junho/17 - +DéboraVicentee
   Tá, confesso que eu amei o resultado, mas não foi o suficiente pra me convencer a mergulhar nisso.
"Então o que foi que te convenceu?" A opinião das pessoas (ah! mas você liga pro que os outros pensam? Sim, todos nós ligamos, nem que seja um pouquinho).
   Muita gente elogiou meu cabelo enrolado e perguntaram: porque você não deixa ele enrolar?
Fiquei pensando nisso. Pensando MUITO. As pessoas falaram que ficou lindo assim, então eu disse pra mim mesma: não ficou lindo, ele é lindo. Só está escondidinho...
   Foi a partir daí que resolvi que não entraria mais química alguma no meu cabelo.

  De verdade, não foi difícil manter minha escolha. Pra mim, a parte difícil mesmo foi fazer a escolha.
Meu cabelo sempre cresceu muito rápido, ultimo corte que tinha feito, foi em Outubro do ano passado, em uma campanha de Outubro Rosa, então, meu cabelo foi doado e por isso, eu havia escolhido um corte que desse pra eu doar o máximo possível do meu cabelo. 
   Se não estou enganada, depois que decidi parar com a progressiva, fiz chapinha nele 3x, porque eram ocasiões importantes e não dava pra estar "de qualquer jeito", mas depois que passou, nem secar com o secador, eu sequei. Deixava secar natural.

    Vocês devem estar se perguntando sobre a minha mãe... Bem, 15 dias depois que ela fez em mim a texturização, ela desistiu e foi fazer progressiva. 

Notas de uma Futura Cacheada: Minha Transição Capilar - Mais Que Seis

   É, o Mushu me representa nessa situação... A pior parte é que ela insistiu para que eu fizesse progressiva também, porque, nas palavras dela: não aguento ver essa carapinha no seu cabelo!!! (pequena referencia a 3º temporada de Todo Mundo Odeia o Chris). Mas, obviamente eu não quis, haha

   Eu fui me adaptando como deu a chegada dos cachos, mudei shampoo, condicionador e creme pra  pentear o cabelo, passei a procurar mais sobre o assunto.
   Não sei dizer pra vocês ao certo quanto tempo estou na Transição, minhas ultima Progressiva foi feita ~literalmente~ a 1 ano atrás e nesse final de semana, realizei o primeiro corte da transição (vou falar mais sobre no próximo post)!!!
   O que acontece com 90% das meninas que passam pela transição e é super normal: a auto-estima despenca.
Bem, graças a Deus, eu consegui me manter estável. A cada novo cacho que surgia eu comorava (ainda comemoro, haha), mas eu tive um apoio excepcional!
   Meu namorado, todo "protótipo de cacho" que ele encontra, ele puxa e fica "toin, toin, toin" (igual a música do comercial da Johnson's Baby). Amigas e colegas, que já passaram por isso e hoje são oficialmente do time dos cachos, me deram todo apoio também, troca de experiências e comemorações a cada cachinho que surgia e agradecendo a Deus por ter minha identidade de volta
   

💇

Bem amores, por hoje é isso!
Semana que vem, eu conto pra vocês sobre texturização e afins...
Espero que tenham gostado! Beijos 💕

You Might Also Like

0 Comentários ♥

Siga pelo Blogger!

Follow by Email

Postagens mais visitadas